guizinhow

Piloto: Uma abordagem geral.

In Uncategorized on maio 6, 2010 at 7:17 pm

As mutações são mudanças herdadas na seqüência de DNA (informação genética) e requer que tanto a estrutura da molécula de DNA seja alterada quanto que essa alteração seja replicada.

Os descendentes podem ser células produzidas pela divisão celular ou organismos individuais produzidos pela reprodução.

Elas podem ser tanto o sustento da vida quanto a causa de grande sofrimento. Por um lado, a mutação é a fonte de toda a variação genética, a matéria-prima da evolução. Sem ela e suas geradas variações, os organismos não poderiam se adaptar aos ambientes em modificação e correriam o risco de extinção, já por outro, a maioria das mutações tem efeitos prejudiciais e são a fonte de muitas doenças e distúrbios humanos.

As mutações servem como instrumentos importantes de análise genética. Um conjunto de mutantes é uma boa solução para quase todos os problemas genéticos.

Em organismos multicelulares, podemos distinguir entre duas categorias amplas de mutações: as mutações somáticas e as mutações germinativas. As mutações somáticas surgem em tecidos somáticos, que não produzem gametas. Essas mutações são transmitidas para outras células pelo processo de mitose, que leva a uma população de células geneticamente idênticas (clone). Já as mutações de linhagem germinativa surgem nas células que produzem gametas. Essas podem ser transmitidas a gerações futuras produzindo organismos individuais que levam a mutação em todas as células somáticas e germinativas. Nos organismos multicelulares as mutações são linhagens germinativas. Já nos unicelulares não há distinção entre a linhagem germinativa e a somática, pois a divisão celular resulta em novos indivíduos. 

Sua classificação é abordada de vários modos, podendo ser um esquema baseado na natureza do efeito fenotípico, outro baseado no agente causal da mutação e por último os que enfocam a natureza molecular do defeito.As mutações resultam de fatores tanto internos quanto externos. As que resultam de mudanças naturais na estrutura do DNA são chamadas de mutações espontâneas, enquanto as que resultam de mudanças causadas por substancias ambientais ou radiação são mutações induzidas.Várias doenças humanas estão ligadas a defeitos no reparo do DNA. Essas doenças em geral estão associadas a altas incidências de cânceres específicos, pois esse defeito leva a taxas aumentadas de mutação.Por fim, a mutação é um fator de vida. Nosso DNA está continuamente sofrendo mutações espontâneas e ambientalmente induzidas. Essas mutações são a matéria-prima da evolução e, em longo prazo, permitem que os organismos se adaptem ao ambiente.

Para mais informações: mutacaogenica@gmail.com 

Samara R. Duarte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: